Seguro de Cargas: Por que é essencial contratar?

Seguro de Cargas
Quer expandir sua influência e aumentar consideravelmente o faturamento da sua empresa importando ou exportando? Então, você precisa ficar atento a algumas medidas de segurança, entre elas o seguro internacional de cargas.

Seguro de Carga: Por que Contratar?

Seguro de Carga

Vem com a gente entender a importância do seguro internacional de cargas e o quanto essa decisão vai garantir a sustentabilidade de seu negócio na importação e exportação.

Sua empresa pretende expandir sua influência e aumentar consideravelmente o faturamento usufruindo do grande mercado externo? Então, você precisa se atentar a algumas medidas de segurança, entre elas o seguro internacional de cargas.

Além de ser o meio de transporte mais rápido, o modal aéreo é também o mais seguro do mundo. Os riscos do transporte aéreo de cargas são muito baixos. Por isso, o seguro de carga aérea acaba sendo mais barato quando comparado ao marítimo. Em alguns casos ele pode variar de 30% a 50% do valor de um seguro de carga para navio, dependendo da mercadoria. Isso sem contar o adicional para a Renovação da Marinha Mercante – AFRMM, que corresponde a 25% do frete marítimo e não é aplicado ao transporte de carga aérea.

Adicionais interessantes para seu seguro no transporte aéreo

Ao contratar o seguro para transporte aéreo Responsabilidade Civil do Transportador Aéreo de Cargas (RCTA-C), você pode contar com coberturas adicionais, como por exemplo: a de operações de carga/descarga, de extensão de cobertura ao valor de impostos suspensos e/ou benefícios internos e de embarques aéreos sem valor declarado.

Transporte aereo acidente internacional

Um avião de carga se partiu enquanto fazia um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Juan Santamaría, a 25 quilômetros da capital da Costa Rica, San José. (04/2022)

Dois conteineres cairam navio porto de Santos

Dois contêineres caem de navio atracado no Porto de Santos, SP, durante operação. Outros quatro ficaram deslocados em cima da embarcação, mas não tombaram. (04/2022)

Qual a cobertura do seguro de carga para o modal marítimo?

O seguro internacional de cargas no marítimo cobre as mercadorias contra riscos como: acidentes em operação de carga e descarga, queda, danos por água na mercadoria, incêndio, extravios e roubos.

Além disso, a proteção também cobre os custos com “Avaria Grossa”, que nada mais é do que os danos causados propositalmente pelo capitão da embarcação na tentativa de salvar e proteger a carga e/ou a própria embarcação, desde que o problema não tenha sido causado por ele mesmo ou por alguém a bordo.

Os danos causados ao navio por avaria grossa são distribuídos proporcionalmente entre as empresas que contam com cargas a bordo e, caso sua companhia não conte com um seguro, os valores devem ser depositados na conta do armador para liberação de suas respectivas cargas a bordo. E já adiantando: os custos
não são baratos.  

O que não é coberto pelo seguro de cargas Internacional

Algumas situações não são indenizáveis quando falamos de seguro de carga de transporte aéreo, como: dolo comprovado por parte do segurado, contrabando ou comércio ilegal de produtos, catástrofes naturais, roubo ou furto total ou parcial, multas e obrigações fiscais, atos terroristas e acidentes por excesso de carga.


Segundo a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), além das exclusões constantes na cobertura básica contratada, o seguro de carga não cobre, em hipótese alguma, perdas, danos e despesas consequentes, direta ou indiretamente, de:  má conduta intencional do segurado, falta total, parcial ou obtenção de mão de obra de qualquer natureza que seja resultante de qualquer greve, “lock-out”, distúrbio trabalhista, tumulto ou comoção civil, qualquer reclamação com base na perda ou frustração da viagem ou aventura, guerra, guerra civil, revolução, rebelião, insurreição ou comoção civil resultantes das mesmas, atos de hostilidade de — ou contra — uma potência beligerante.

mega explosao armazem porto Beirute

Explosão no porto de Beirute (2020)

Em agosto de 2020, um armazém com produtos químicos explodiu no porto de Beirute, capital do Líbano. A explosão gerou danos num raio de 10km, inclusive destruindo armazéns portuários próximos que abrigavam produtos como grãos, gás e medicamentos. O acidente gerou um prejuízo referente a danos diretos e indiretos de US$ 15 bilhões ao país, que já se encontrava em crise política e econômica. 


Manobra malsucedida no porto de Santos (2017)


Um acidente com o navio Log in Pantanal, que aguardava para realizar manobra de entrada no porto de Santos (São Paulo) derrubou 40 contêineres no mar, espalhando todo o conteúdo pela água, interrompendo a navegação no local por 5 horas. Entre os produtos prejudicados pelo acidente estavam: bicicletas, eletrônicos, eletrodomésticos, cilindros de oxigênio e peças de roupas.  

Manobra mal sucedida porto de Santos

E onde encontro este seguro?

          A Intermodal tem acordos e parcerias para garantir a todos os seus clientes as melhores opções de preços e coberturas para seguro internacional de cargas. A logística internacional é uma ferramenta fundamental para a expansão do comércio exterior, e deve ser utilizada de forma estratégica para diferencial competitivo nas negociações internacionais e sua carga ou negócios não podem correr riscos.

          Aproveite a retomada do mercado pós pandemia e alavanque seu faturamento com o comércio internacional com segurança. Some conceitos modernos aos seus procedimentos, negócios e produtos para garantir o sucesso e resultados almejados.

 

Fale com nossa equipe contato@ilti.com.br ou acesse nosso site

BLOG

Veja também

Open chat
Fale Conosco